Logo
  • Um novo reconhecimento a postura correta de Victor Mendes

    Se
    já não fosse suficiente ter as contas aprovadas junto aos Tribunais de Contas
    do Estado e União, o deputado estadual e federal eleito, Victor Mendes (PV),
    teve mais um reconhecimento de sua postura correta como gestor público.
    Victor
    Mendes assumiu o desafio de pela primeira vez trabalhar no Executivo, quando
    aceitou o convite da governadora Roseana Sarney (PMDB) em 2010 para aceitar a Secretaria
    de Meio Ambiente do Maranhão.
    Depois
    do pente fino da Polícia Federal na Operação Ferro e Fogo I e II, Victor Mendes
    saiu ainda mais fortalecido, pois após a varredura da PF, o parlamentar e
    ex-gestor saiu sem nenhum arranhão, afinal não teve seu nome citado em nenhum
    momento e muito menos chegou a ser alvo de qualquer investigação.
    Por
    conta da política, do pior lado dela, alguns desavisados ou mal intencionados
    tentaram vincular Victor Mendes com o seu ex-adjunto, César Carneiro, que foi
    preso na operação da Polícia Federal.
    No
    entanto, o que muitos esqueceram, talvez propositalmente, foi de buscar a
    informação correta. César Carneiro, que já estava na presidência do INCRA, não
    foi uma indicação de Victor Mendes. O ex-adjunto é funcionário de carreira da
    Secretaria de Meio Ambiente e filiado ao PT e foi justamente a sua legenda que
    lhe indicou para o cargo.
    Victor
    Mendes que já havia também tido o reconhecimento da população através do voto,
    quando se elegeu deputado federal, mesmo encarando uma eleição complicada,
    agora passou a ter um novo reconhecimento a sua postura correta como gestor
    público.
    Para
    finalizar e por questão de justiça, o Blog lembra que foi justamente Victor
    Mendes que idealizou e trabalhou para que a APA do
    Itapiracó
    , inaugurada sua etapa inicial também na terça-feira (02),
    deixasse de ser uma utopia e começasse a ser uma realidade.

    0 Comentários

    Deixe o seu comentário!