Logo
  • Victor Mendes diz que Governo e Petrobras devem ao Maranhão explicações sobre Refinaria

    Em
    seu primeiro pronunciamento do plenário da Câmara Federal, na tarde de ontem [dia 3], o deputado Victor Mendes PV/MA voltou a abordar o cancelamento da Refinaria
    Premium I, que seria construída no município de Bacabeira-MA, defendendo a
    formulação de alternativas para assegurar a continuidade do projeto.
    Mendes
    disse não crer que foram suficientemente discutidas todas as hipóteses e
    alternativas para a continuidade do empreendimento e afirmou compartilhar da
    frustração dos maranhenses com a decisão tomada pela Petrobras.
    Na
    opinião do parlamentar, o Governo Federal deve “respostas” ao Maranhão e
    àqueles que “abraçaram e defendem a Refinaria”, lembrando dos milhares de
    jovens que buscaram capacitação nos ramos de petróleo e gás; das famílias que,
    com imensa dificuldade, bancaram essa capacitação; das pessoas que, acreditando
    no projeto, investiram na região de Bacabeira; dos empresários que realinharam
    seus investimentos preparando-se para as eventuais oportunidades que um
    empreendimento como esse pode gerar.
    “Que
    me desculpe a Presidente Dilma, mas o Maranhão e os maranhenses que lhe deram a
    maior votação proporcional de todo o País nas últimas eleições, mereciam mais
    respeito. Nos sentimos todos
    lesados em nossas esperanças e desrespeitados em nossas expectativas”, afirmou
    o parlamentar.
    “Um
    empreendimento como esse não pode ser descontinuado assim, sem mais, sem
    explicações capazes de nos mostrar que não fomos todos, desde o princípio,
    enganados”, numa espécie de calote nos nossos anseios”, acrescentou.
    Victor
    Mendes sugeriu, ainda, a articulação de uma frente de ação unificada, com o
    objetivo de cobrar da Petrobras os detalhes técnicos que embasaram a decisão de
    suspender o empreendimento.
    “Muitas dúvidas estão sem respostas no que se refere à decisão
    de suspensão do empreendimento. Acredito que somente a mobilização de todos
    pode garantir que a Petrobras venha a honrar a palavra empenhada com os
    maranhenses e com os nossos vizinhos do Ceará e nos apresente alternativas para
    a continuidade de ambos os empreendimentos. A luta pela preservação do
    empreendimento é uma luta de todos independente de preferências partidárias e
    de divergências ideológicas”, completou o deputado.

    0 Comentários

    Deixe o seu comentário!