Logo
  • Victor Mendes quer que irmãos Batista e autoridades expliquem operações suspeitas no mercado financeiro

    Por meio de requerimentos apresentados hoje, 19/05, às Comissões de Fiscalização Financeira e Controle e de Finanças e Tributação, o deputado Victor Mendes pediu a convocação de autoridades da área econômica e de empresários para dar explicações sobre operações supostamente fraudulentas, denunciadas pelo Jornal O Globo. As operações envolvem os empresários Wesley Batista e Joesley Batista, do Grupo JBS.

    Nos dois requerimentos, Victor Mendes pede que sejam convocados o presidente do Banco Central, Ilan Goldfajn; o ministro do Tribunal de Contas da União – TCU, Augusto Sherman Cavalcanti; o presidente da Comissão de Valores Mobiliários – CVM, Leonardo Porciúncula Pereira, além dos irmãos Joesley e Wesley Batista.

    O deputado quer esclarecimentos a respeito de operações do BNDES referentes à compra de ações e títulos do grupo JBS e com relação à denúncia da compra de grande montante de dólares, pelo grupo JBS, no dia 17 de maio, momentos antes da publicação, pelo site d’O Globo, das gravações envolvendo a empresa.

    A suspeita é que estas ações teriam sido praticadas visando a obtenção de lucro e vantagens. A empresa teria tido acesso a informações sigilosas e privativas de instituições como Banco Central, BNDES e CMV, responsáveis pela proteção ao sistema financeiro e à economia.

    “Precisamos de esclarecimentos sobre estes fatos, que, se comprovados, são de extrema gravidade, caracterizando crime contra a ordem econômica, tráfico de influência e atos de improbidade praticados por autoridades que deveriam atuar justamente para proteger o ambiente econômico, o cidadão”, justificou o parlamenta.

    0 Comentários

    Deixe o seu comentário!