Logo
  • Zé Inácio cobra ação da Secretaria de Segurança


    Inácio usa a tribuna e cobra ação por parte da Secretaria de Segurança Pública
    do Estado. 
    O deputado estadual Zé
    Inácio (PT), usou a tribuna nesta quinta-feira (05) para cobrar do secretário
    de segurança Jefferson Portela que apure o crime de pichaçãono muro da Sede do
    Partido dos Trabalhadores. A Sede do PT localizada no Renascença foi pichada durante
    a madrugada na última quarta-feira (04)com frases: “Fora Dilma! Fora PT”.
    O parlamentar denuncia
    que o ato de vandalismo no muro contra o PT seja investigado pela Secretaria de
    Segurança do Estado por considerar como crime contra a democracia. “Sabemos que
    essa pichação não é fruto de adolescentes que usam a pichação para se
    manifestar e dizer que estão contra o sistema. Nós entendemos que isso é fruto
    de uma direita reacionária e articulada que até hoje não admite que o nosso
    partido, o PT, continue à frente do governo federal, por tanto, me dirijo ao
    secretário Jefferson Portela para que apure esse crime que é não contra o PT,
    mas  contra a democracia e o estado
    democrático de direito.”, declarou Zé Inácio.
    Zé Inácio ainda afirma
    que o tal crime é um ato fascista que tem que ser duramente punido pelas
    autoridades competentes.
    Mais
    Denuncia –
    Outra denuncia feita pelo deputado Zé Inácio em tribuna é um
    caso de homicídio ocorrido no Município de Santa Helena no domingo, às 17 horas,
    onde um agente da Policia Civil matou um preso dentro da delegacia.
    O deputado Zé Inácio cobra que o caso seja apurado e que seja tomada as
    providencias cabíveis pela Secretaria de Segurança Pública do Estado, neste
    caso, com envolvimento de um agente policial. “Eu peço aqui que o secretário
    Jefferson Portela possa abrir uma sindicância no sentido de apurar esse fato,
    que é lamentável e que só alimenta ainda mais os índices de violência em nosso
    Estado”, desabafa o deputado.
    De acordo com informações a vitima,identificadapor David Beckman Soares
    de 22 anosfoi
    assassinado dentro da cela em que sem encontrava, por um Policial Civil, que
    foi chamado para dar reforço junto à Delegacia. O Agente ao invés de apartar e
    colocar os dois em celas separadas, deu 3 tiros e um deles foi fatal, atingindo
    nas costas David Beckman Soares, levando-o a
    óbito.

    0 Comentários

    Deixe o seu comentário!