Logo
  • Zé Inácio defende ponte sobre o Rio Pericumã

    Deputado Zé Inácio acompanha prefeitos, José Martins
    e Amaury Almeida em vistoria à margem do Rio Pericumã. 
    Nessa quarta-feira (25),
    durante a sessão na Assembleia Legislativa do Maranhão, Zé Inácio (PT) ocupou a
    tribuna para relatar que na manhã da última terça-feira (24) participou da
    vistoria que foi realizada a margem do Rio Pericumã que liga
    o município de Bequimão à Central do Maranhão.  
    O parlamentar
    esteve acompanhado dos prefeitos do município de Bequimão José Martins e do
    prefeito de Mirinzal Amaury Almeida e de técnicos da empresa Progen contratada
    pela
    secretaria de Infraestrutura para realização da obra.
     “A população de dez municípios
    da região da baixada espera há 40 anos pela construção da ponte
    sobre o Rio
    Pericumã, que deve melhorar o acesso da capital maranhense aos municípios de Bequimão; Central do Maranhão; Mirinzal;
    Guimarães; Cedral; Cururupu; Porto Rico; Serrano do Maranhão; Bacuri e Apicum-Açu
    ”,
    desabafa o deputado.
    O
    Projeto –  
    O projeto da construção da ponte sobre o Rio
    Pericumã faz parte da plataforma do mandato do deputado que é natural da cidade
    de Bequimão e conhece muito bem a realidade da baixada. Com a construção da ponte de Bequimão para Central
    do Maranhão a distância será diminuída para 32 km apenas, até chegar a Ma 106
    que dá acesso ao Cujupe, 100 km a menos de distância.  
    “Coloca-se agora nas mãos
    do governador Flávio Dino a execução desse importante projeto que é a ponte
    sobre o Rio Pericumã ligando Bequimão a Central do Maranhão”. E quero fazer o
    registro do reconhecimento do governo Flávio Dino da importância desse projeto,
    inclusive registrando também aqui que o secretário de Infraestrutura, Clayton Noleto, já assinou a
    ordem de serviço que garante a realização do projeto técnico que vai dizer o
    custo dessa ponte sobre o Rio Pericumã”, comentou em tribuna o deputado.
    Para o prefeito de Bequimão José Martins, a
    estrada e a ponte irão reacender o comércio do município trazendo geração de
    emprego e renda. “A continuidade desse projeto irá trazer a nossa cidade um
    progresso com 40 anos de atraso”, desabafa o prefeito José Martins. 
    Já o prefeito do município de
    Mirinzal Amaury Almeida, que também é o
    presidente do Consórcio Conguarás,
    acredita que as obras irão beneficiar todos os moradores daquela região,
    melhorando a escoação da produção local e reduzindo consideravelmente a
    distância entre os municípios circunvizinhos.
    Os prefeitos que compõem
    o Conguarás (Zé Martins, Benedito Barros, Amaury Almeida, Nilce Farias,
    Fernando Cuba, Rosa Braga, Júnior Franco, Donária Rodrigues, José Balduíno e
    Cláudio Cunha), de forma articulada, estão usando as máquinas do PAC, Caçambas,
    retroescavadeira, patrol com o objetivo de garantir assim o acesso até o leito
    do Rio Pericumã pelos dois lados do leito (Bequimão e  Central do Maranhão). “Os prefeitos estão de
    forma consorciada, usando as máquinas do PAC para garantir o acesso que
    permitiu, inclusive à equipe da empresa, que foi contratada pelo Governo do
    Estado para elaborar o projeto técnico da ponte, pudesse ter acesso de carro
    traçado até a margem do Rio. Eu tive a oportunidade de acompanhar a equipe que,
    daqui mais ou menos uns três ou quatro meses, estará com o projeto da ponte
    sobre o Rio Pericumã  concluída”,
    destacou Zé Inácio.
    A
    Ponte –

    A construção da ponte sobre o Rio Pericumã foi idealizada nos anos 70, pelo
    então governador do Estado do Maranhão Antônio Dino. O governador Antônio Dino,
    ainda chegou a fazer a estrada que ligava a margem do Rio Pericumã, do lado do
    município Bequimão e do outro lado de Central do Maranhão até a sede de
    Mirinzal.

    Na década de 70, grande parte da população
    do Litoral Ocidental maranhense fazia o deslocamento do transporte através do
    Rio Pericumã. Com  a construção da
    estrada de Central a Pinheiro, o sonho da ponte sobre o Rio Pericumã caiu no
    esquecimento.

    1 Comentário

    1. blogger disse:

      eu achei muito interessante além de ter o que eu quero e explicar também.

    Deixe o seu comentário!