Logo
  • Zé Inácio entrará com representação junto aos órgãos de Defesa do Consumidor contra reajuste do transporte coletivo

    O
    presidente da Comissão dos Direitos Humanos e das Minorias, Ze Inácio entra com
    representação junto ao Ministério Público e Procon.  
    O deputado Zé Inácio (PT)
    entrará nesta segunda-feira (30) com representação junto ao Procon e Ministério
    Público objetivando que tais órgãos, que atuam em defesa do consumidor ajuízem
    ação contra a  Prefeitura Municipal de
    São Luís e o Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros de São Luís – SET,
    que reajustou a tarifa do transporte público em 16% a partir da 0h deste
    domingo (29).
    O Parlamentar que é
    presidente da Comissão de Direitos Humanos e das Minorias, diz que a
    representação visa coibir a medida tomada pela Prefeitura Municipal de São Luís
    em reajustar de forma abusiva a tarifa do transporte coletivo. “Ainda nesta
    segunda-feira (30), eu como presidente da Comissão Direitos Humanos e das
    Minorias entrarei com essa representação com o intuito de coibir esse reajuste
    no valor do transporte público de São Luís, que é um dos mais caros do país e
    de péssima qualidade”.  
    O valor  cobrado na maioria dos coletivos subiu de R$
    2,40 para R$ 2,80, enquanto as mais baratas passarão de R$ 1,90 para R$ 2,20 e
    R$ 1,60 para R$ 1,90.
    Ainda de acordo com o deputado Zé Inácio
    (PT) o reajuste  é o segundo em menos de
    1 ano (O último aumento no preço das tarifas de
    ônibus havia sido anunciado em junho de 2014, após 16 dias de greve dos
    rodoviários).  Sendo que a
    Prefeitura ainda alega que o reajuste é devido à alta do combustível.

    0 Comentários

    Deixe o seu comentário!