Governo

Equipes técnicas discutem próximas etapas da construção da ponte Central-Bequimão

A equipe técnica de engenharia da Secretaria de Estado da Infraestrutura (Sinfra) participou, na quarta-feira (20), no Palácio Henrique...

Equipe técnica da Sinfra participa de reunião em que foram apresentadas as etapas da obra de construção da ponte sobre o Rio Pericumã

A equipe técnica de engenharia da Secretaria de Estado da Infraestrutura (Sinfra) participou, na quarta-feira (20), no Palácio Henrique de La Roque, em São Luís, de reunião para alinhar detalhes de uma das obras mais aguardadas pela população da região da Baixada Maranhense, a construção da ponte Central-Bequimão sobre o Rio Pericumã.

Os representantes da empresa responsável pela obra, Fábio Bonfim e Sávio Dilascio, apresentaram as etapas do trabalho que serão realizadas e discutiram as técnicas a serem aplicadas para estruturar o projeto. Eles explicaram que os procedimentos que serão aplicados garantem a segurança dos trabalhadores que atuam na execução da obra e da comunidade que utilizará a ponte depois da conclusão dos trabalhos.

Fábio Bonfim apresentou modelos de pontes importantes em diversos estados do país e, também, projetos internacionais, em que foi utilizada a Técnica de Empurramento, a mesma que será usada nas obras da ponte, que está sendo erguida em um trecho entre os municípios de Central e Bequimão.

Com a utilização dessa técnica, segundo Fábio Bonfim, 90% da obra é feita em terra, o que garante mais estabilidade e segurança. Após concluída a pré-montagem do material, o empurramento das estruturas é feito sobre os pilares, o que garante a formação da ponte.

Atualmente, as obras preliminares, que incluem estudos geotécnicos e mobilização de equipamentos, estão avançadas. Com a central de concreto instalada, será possível o avanço das fundações e pilares na margem Bequimão. O secretário de Estado da Infraestrutura, Clayton Noleto, destacou os trabalhos que estão sendo realizados para que mais essa obra seja entregue pelo Governo do Estado à população.

“O Governo do Estado está empenhado para que essa obra seja mais um grande passo de desenvolvimento para o Maranhão e, sobretudo, para essa região que tanto aguardou essa ponte. Estamos trabalhando com estruturas de mecânica pesada, com uma obra de altíssima complexidade, e temos certeza que a população terá uma obra digna, bem estruturada, para que possamos comemorar juntos mais essa vitória”, disse Clayton Noleto.

Técnico apresenta as etapas da obre de construção da ponte sobre o Rio Pericumã

Novas estruturas

Nesta semana, 16 carretas chegaram ao Maranhão com novas estruturas que darão início a fase de pré-montagem da ponte. Segundo a equipe técnica, após a conclusão dessa fase dos trabalhos, esses equipamentos serão tracionados sobre os pilares, formando a futura pista de rolamento de veículos.

A ponte terá 589 metros de extensão. É uma obra de alta complexidade técnica e um sonho aguardado, há anos, pelos moradores da Baixada Maranhense. A ponte interligará 10 municípios da Baixada Maranhense e diminuir a distância de deslocamento aos moradores da região em até 125 quilômetros. A obra sobre o Rio Pericumã é de alta complexidade técnica e vai interligar mais de 10 cidades.

VER COMENTÁRIOS

Artigos relacionados