Assembleia

Othelino Neto deve ser candidato único para presidência da AL

Ao que parece o atual presidente da Assembleia Legislativa do Maranhão, o deputado Othelino Neto (PCdoB), deve ser reeleito...

Ao que parece o atual presidente da Assembleia Legislativa do Maranhão, o deputado Othelino Neto (PCdoB), deve ser reeleito em 2019 para comandar o parlamento estadual no próximo biênio 2019/2020.

A reeleição de Othelino Neto está tão encaminhada que o parlamentar deverá ser candidato único na eleição que acontecerá no dia 1º de fevereiro de 2019. A princípio se especulava que o ex-presidente da Casa, o deputado estadual eleito, Marcelo Tavares (PSB), poderia disputar o pleito, mas essa possibilidade vai perdendo força, até mesmo pelo fato de Tavares está de olho em uma vaga no Tribunal de Contas do Estado do Maranhão.

Além da plena confiança do governador Flávio Dino, Othelino é quase uma unanimidade entre os deputados reeleitos e já começou a receber o apoio dos novatos, ou seja, dos deputados eleitos.

Othelino Neto tem evitado falar publicamente sobre o assunto, até em respeito aos demais colegas, mas a tendência é que sua reeleição seja tranquila e inclusive, muito provavelmente, sendo candidato único. Talvez o maior desafio de Othelino seja a composição da futura Mesa Diretora, pois a ideia é encontrar um consenso para evitar disputa.

Se não comenta a eleição para a Mesa Diretora, Othelino fez questão de agradecer a sua reeleição para a Assembleia e destacou a vitória do seu grupo político nas eleições para o Governo do Maranhão e Senado Federal.

“Quero agradecer ao povo do Maranhão pela minha reeleição. Foi o reconhecimento do trabalho que fizemos nos últimos quatro anos. Eu fico muito grato pela minha vitória. A votação foi muito boa e agradeço a cada um dos meus eleitores, dos municípios que tive mais votos aos que tive menos. Além disso, o povo deu uma maiúscula vitória ao nosso campo político, com a reeleição do governador Flávio Dino (PCdoB), no primeiro turno, e com a eleição dos senadores Weverton Rocha (PDT) e Eliziane Gama (PPS). Foi uma sinalização objetiva e clara de quem está gostando desse novo modelo político que vem sendo implantado no Estado”, assegurou.

Agora é aguardar e conferir a recondução de Othelino à presidência da Assembleia Legislativa.

Por Jorge Aragão

VER COMENTÁRIOS

Artigos relacionados