Pedro do Rosário

Prefeitura de Pedro do Rosário realiza mobilização de combate ao trabalho infantil

Toda criança tem o direito de ser criança, e o poder público tem o dever de buscar ferramentas para...

Toda criança tem o direito de ser criança, e o poder público tem o dever de buscar ferramentas para garantir esse direito”. Com essa observação e cumprindo com esse dever, a Prefeitura de Pedro do Rosário,  realizou no último (12), dia que celebra o Dia Mundial do Combate ao Trabalho Infantil, o evento de mobilização em prol da erradicação do trabalho infantil.

A ação aconteceu  por meio da Secretaria de Assistência Social através das Ações do Programa de Erradicação do Trabalho Infantil – AEPETI, em parceria com a SEMED, Conselho Tutelar, Conselho Municipal de Direitos da Criança e Adolescentes, CMAS, CRAS E CREAS.

“Por mais que tenhamos avançado em muitas esferas, o trabalho infantil ainda é uma realidade no nosso país. E o caminho para mitigarmos esse triste fato é, com certeza, a conscientização da nossa população, que muitas vezes, nem tem ciência do quanto essa situação ainda é presente no cotidiano. Então, todos munidos de informações, conhecendo sobre ferramentas de denúncias e sabendo de como sua participação é importante, conseguiremos cumprir com o dever de garantir que os direitos das nossas crianças não sejam negligenciados”. Destacou o prefeito Raimundo Antônio.

De acordo com dados do Fundo das Nações Unidas para a Infância  (UNICEF), estima-se que aproximadamente 168 milhões de crianças sejam vítimas de trabalho infantil em todo o mundo.

No Brasil, quase três milhões de crianças e adolescentes, de acordo com uma pesquisa do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), estão no trabalho infantil, presentes nos semáforos, lixões, em feiras, restaurantes, no campo, em indústrias ou dentro de casa.

O mapeamento da situação do trabalho infantil mostra que o número de trabalhadores precoces corresponde a 5% da população, que tem entre 5 e 17 anos no Brasil.  Em 2015, ano da última pesquisa do IBGE, quase 80 mil crianças nessa faixa etária estavam trabalhando.

VER COMENTÁRIOS

Artigos relacionados