Presidente da CDL de Pinheiro participa de encontro do Programa Nacional de Desenvolvimento do Varejo

O presidente da CDL de Pinheiro, Wanderley Pinheiro, participou do seminário do Programa Nacional de Desenvolvimento do Varejo (PNDV) no último dia (12), em São Luís. O programa é uma parceria da Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) com o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (SEBRAE), duas das maiores instituições especializadas em pequenos negócios e varejo no Brasil.

Na ocasião, o seminário foi direcionado à qualificação de lideranças do Sistema CNDL para gestão eficiente de suas entidades, com destaque para as estratégias de estruturação das demandas do varejo na agenda governamental.

O presidente da CDL de Pinheiro acredita que a capacitação proporcionada pelo programa seja fundamental para o desenvolvimento junto ao setor público. “A entidade no município foi fundada justamente para apoiar e contribuir com o desenvolvimento por meio do varejo, com qualificação e apoio aos lojistas. O PNDV busca inserir o setor produtivo no desenvolvimento de políticas públicas, para isso precisamos estar cada vez mais qualificados a essa participação”, destaca Wanderley Pinheiro.

O presidente da CNDL, Honório Pinheiro diz que a articulação com o setor público pode criar vantagens competitivas para o varejo. “Nosso segmento possui valiosa participação na formação do PIB brasileiro e contribui de forma expressiva na geração de emprego e renda no País. É nítida a importância de se promover projetos e programas com foco no fortalecimento do segmento, que é formado em sua imensa maioria por micro e pequenas empresas”, destaca.

A aplicação do PNDV é feita em diferentes etapas que incluem a elaboração e disseminação de propostas de políticas públicas para o desenvolvimento do varejo; articulação junto aos atores políticos locais; propagação de ferramentas tecnológicas inovadoras e articulação do tema junto ao poder público local e qualificação de lideranças empresariais e dirigentes do Sistema CNDL.

Na primeira fase, realizada no Maranhão, as lideranças apontaram como essenciais a superação de deficiências em infraestrutura pública, a solução definitiva de questões como disciplinamento do comércio informal, mobilidade urbana e maiores investimentos em capacitação empresarial; além disto, foi evidenciada a necessidade de modernizar as leis trabalhistas.

Comente