tjma

TJMA realiza ações de qualidade de vida em comarcas da Baixada maranhense

Servidores das comarcas de Pinheiro, Cururupu, Santa Helena, São Bento, Bequimão, Cururupu, Mirinzal, Cedral e Bacuri receberão atendimentos nas...

Servidores das comarcas de Pinheiro, Cururupu, Santa Helena, São Bento, Bequimão, Cururupu, Mirinzal, Cedral e Bacuri receberão atendimentos nas áreas de medicina, fisioterapia, psicologia, nutrição e educação física, nos dias 4 e 5 de julho, por meio da “Ação de Qualidade de Vida do judiciário Maranhense 2018”, que é realizada pelo Núcleo Socioambiental e Diretoria de Recursos Humanos.

Serão feitos, ainda, procedimentos como aferição de pressão, exames de colesterol, triglicérides (taxas de gordura no sangue) e glicemia (taxa de açúcar no sangue) e eletrocardiograma.

Em sua terceira edição, a ação que iniciou em 2016, busca melhorar a saúde do corpo funcional do Tribunal de Justiça do Maranhão com ações preventivas que serão realizadas de julho a novembro de 2018, nas comarcas do interior.

Para viabilizar a iniciativa, o Poder Judiciário assinou convênio com a Universidade Federal do Maranhão (UFMA) que, por meio do programa “UFMA Saudável”, realizará os atendimentos com o apoio do seu corpo de docentes com formação em doutorado e pós-doutorado.

Na quarta-feira (4), o atendimento acontece no Fórum de Pinheiro, das 9h às 17h. No mesmo local serão atendidos os servidores de Santa Helena, São Bento e Bequimão. Na quinta-feira (5), será no Fórum de Cururupu e nas instalações do posto de saúde, para os servidores daquela localidade e também de Mirinzal, Cedral e Bacuri. Os deslocamentos necessários para realização dos atendimento serão feitos por veículos do Tribunal de Justiça.

ATENDIMENTO – Nas áreas de nutrição e avaliação física não será necessário agendamento prévio, estando a equipe disponível para realizar consultoria nutricional, testes de força, flexibilidade, medição do índice de massa corpórea e avaliação postural.

Serão disponibilizadas 16 vagas (Fisioterapia), 46 (Psicologia) e 46 (Medicina), o atendimento está sujeito a confirmação, conforme disponibilidade de vagas e agendamento de horário. Para o pré-agendamento foram disponibilizados os e-mails juizcivcrim_pin@tjma.jus.br (Pinheiro) e vara1cur@tjma.jus.br (Cururupu). Os interessados deverão informar especialidade pretendida, nome, matrícula, telefone e e-mail.

INICIATIVA – A parceria entre as duas instituições – TJMA e UFMA – foi viabilizada pelo Termo de Cooperação assinado entre os órgãos que compõem a Ecoliga – Sustentabilidade no setor público maranhense, composta, além do TJMA e UFMA, pelos tribunais Eleitoral, do Trabalho, de Contas, Ministério Público, Justiça Federal e UEMA.

A primeira ação de qualidade de vida aconteceu no mês de março de 2016 nos termos de São José de Ribamar, Raposa e Paço do Lumiar, da Comarca da Ilha. Em 2017 atendeu servidores da sede do TJMA, Fórum de São luís e comarca de Imperatriz, alcançando cerca de mil servidores com uma média de quatro mil procedimentos.

O presidente da Comissão Gestora do Plano de Logística Sustentável do TJMA, desembargador Jorge Rachid, enfatizou que a proposta iniciada há dois anos está alcançando seu objetivo, que é ampliar os atendimentos de qualidade de vida para as comarcas do interior, como forma de garantir o bem-estar do corpo funcional do Judiciário maranhense e, consequentemente, uma melhor prestação de serviço aos jurisdicionados.

NÚCLEO – Criado em 2016, conforme Resolução GP nº 50/2016, o Núcleo Socioambiental tem como uma de suas atribuições articular ações voltadas para a institucionalização da sustentabilidade no Judiciário maranhense, a partir dos eixos: uso eficiente de insumos e materiais, racionalização no uso de energia e água, gestão de resíduos sólidos, qualidade de vida no ambiente de trabalho, compras sustentáveis e sensibilização e capacitação. O trabalho do Núcleo segue as diretrizes da Resolução nº 201/2015 do Conselho Nacional de Justiça (CNJ).

VER COMENTÁRIOS

Artigos relacionados