Weverton disse que cassação de Jackson foi golpe contra a democracia

O deputado Weverton (PDT) fez um paralelo entre os nove anos de cassação do governador Jackson Lago e os...

O deputado Weverton (PDT) fez um paralelo entre os nove anos de cassação do governador Jackson Lago e os dois anos do início do processo de impeachment da presidente Dilma Rousseff. Em discurso no Plenário da Câmara dos Deputados, Weverton afirmou os dois foram vítimas de um golpe contra a democracia, tramado por grupos que sempre estiveram no poder no Brasil.

“O governador Jackson Lago, eleito de forma legítima e democrática, foi tirado de através de um processo forjado, através de um golpe”, afirmou. Para ele, até hoje o Maranhão comenta o grande absurdo que foi acusarem Jackson Lago de abuso de poder político e econômico, “um homem cuja honestidade é conhecida por todos”

Sobre o impeachment da presidente Dilma, Weverton disse que se tratou de um desrespeito à vontade popular e lembrou que votou contra. Ele criticou a postura do candidato derrotado nas eleições presidenciais, Aécio Neves, do PSDB, que não se conformou com o resultado e levou o país a um “terceiro turno”.

Weverton lembrou que venderam para as pessoas que o impeachment resolveria tudo, mas o que se viu é que o desemprego só aumentou e os problemas não se resolveram.  “Todos perderam, o Brasil especialmente. Hoje o trabalhador além de frustrado está sozinho sendo convidado a pagar a conta”, afirmou. “Esses dois são não só para refletir e lembrar o que aconteceu, mas para dizer que estamos aqui firmes, de forma triunfante defendendo a nossa Constituição Federal, defendendo o que a gente sempre acreditou.”

VER COMENTÁRIOS

Artigos relacionados